HOME - ADORO CÃES - DICAS DO SAMUCÃO

Dicas do Samucão

Dicas infalíveis para a saúde do seu animal de estimação

Cães

Quando é que um cão é considerado idoso?

-Tudo depende de seu tamanho. Os cães de raças menores tendem a envelhecer mais devagar, devido ao seu metabolismo. Neste casos, é comum que eles cheguem à terceira idade entre 9 e 13 anos. Ao passo que um cão de grande porte envelhece dos 6 aos 9 anos. Mas, de maneira geral, pode-se dizer que um cão começa a envelhecer aos 7 anos de idade.

-A partir desta idade é preciso prestar atenção às mudanças de hábitos do seu velhinho. Elas podem indicar o início de problemas de saúde. E olhe que os cães são peritos em esconder dos donos o seu sofrimento! Nesta altura é conveniente visitar o veterinário não apenas uma vez ao ano para as vacinas, mas semestralmente, a fim de despistar qualquer um dos 5 problemas mais frequentes da terceira idade. Se você está achando muito, é só pensar que em média um ano humano equivale de 5 a 7 anos do cão.

O que fazer para facilitar a vida do cão idoso?

-O envelhecimento do cão é muito difícil, tanto para o cão, quanto para o dono. Se você facilitar as coisas, a vida de ambos será muito mais feliz.

-Com o passar do tempo a visão e a audição deterioram-se. Nesta altura, evite mudanças radicais do mobiliário, hábitos e horários. O animal adapta-se perfeitamente a mudanças graduais, mas se forem súbitas, podem causar um profundo stress e aumentar o risco de doenças. Portanto, caso você precise fazer uma reforma na sua casa, deixe seu cão longe da bagunça e se puder, mude os móveis aos poucos e sutilmente. Com a instalação da artrite, por exemplo, deve-se dar especial atenção ao piso, que não deve ser nunca escorregadio. Também nesta fase, as escovações e o toque são muito importantes para assegurar ao cão a sua presença e amizade. Da mesma forma, podem ainda auxiliar na descoberta de elevações na pele.

-O seu fiel amigo de tanto tempo precisa saber que você está lá para o que der e vier. Especialmente porque com a diminuição dos sentidos, pode vir a ficar mais temeroso e dependente de você. Ter dois cães idosos pode ser bastante positivo para que um faça companhia ao outro, mas nada impede que você adquira um filhote, que pode dar uma nova alegria à vida do nosso velhinho. No entanto, é importante prestar atenção ao temperamento do seu cão mais velho: nem todos têm paciência para aguentar a energia e as brincadeiras dos filhotes.

-Se os cães sempre foram acostumados a atividades específicas - como ir às exposições, frequentar parques, fazer truques e brincadeiras - é importante que continue podendo exercê-las mesmo depois de certa idade. As brincadeiras como correrias e jogos de bola, normalmente devem ser adaptadas à terceira idade. Não é preciso parar de jogar a bolinha para o seu cão, mas talvez seja prudente jogá-la mais perto e menos vezes.

-Nestes dias quentes o fornecimento de água fresca potável e em abundância se torna ainda mais importante. Faça a troca da água do seu cãozinho várias vezes ao dia certificando-se de que esteja sempre limpa.

-Os cães, ao contrário dos humanos, não transpiram por todo o corpo, apenas na sola das patinhas e, portanto, o controle da sua temperatura corporal se dá através da respiração. Procure instalar seu cãozinho em ambientes frescos e protegidos do sol para que ele não fique ofegante.

-Você pode colocar os petiscos que costuma oferecer ao seu cão na geladeira e fornecê-los geladinhos para o seu cão se divertir.

-Leve seu cão para passear somente em horários de baixa intensidade solar,lembrando que além do sol forte, há também o risco de queimaduras nas patinhas. No verão os passeios noturnos são o ideal .

-Tose seu cão no verão para proporcionar conforto térmico, mas lembre-se, os pelos são uma proteção para os cães e a tosa não deve ser feita de maneira radical expondo a pele do cãozinho.